Roberto Carlos liberou música para o filme pernambucano

O Filme Aquarius

 

Segundo Diario de Pernambuco

Sonia Braga brilha em 'Aquarius'
Sonia Braga brilha em ‘Aquarius’

Os versos da canção O quintal do vizinho, de Erasmo e Roberto Carlos, demonstram que algumas das frases mais bonitas e simbólicas ditas no filme Aquarius não saem da boca dos personagens, mas de discos de vinil tocados nas cenas. No Festival de Cannes, o crítico norte-americano Jay Weissberg, da revista Variety, chegou a reclamar porque as letras das músicas não foram traduzidas nas legendas para o público estrangeiro. No título do texto publicado pelo jornal francês Le Monde, o longa-metragem do pernambucano Kleber Mendonça Filho foi considerado “sensual e musical”.

Canções exercem um papel marcante no filme, que tem como protagonista uma jornalista especializada em música brasileira, chamada Clara, interpretada por Sonia Braga. Além de Roberto Carlos, Aquarius usa gravações originais de cantores e bandas como Queen, Gilberto Gil, Ave Sangria, Taigurara, Altemar Dutra, Aviões do Forró, Reginaldo Rossi, Alcione e Maria Bethânia. A maioria é usada de forma incidental (quando os personagens ouvem junto com o público).

Clara escreveu um livro sobre Villa-Lobos. Maria Bethânia, Gilberto Gil e Queen (banda britânica também presente na trilha do filme O som ao redor) chegam a virar assunto de conversas entre os personagens. Um diálogo sobre Raul Seixas chegou a ser filmado, mas a cena ficou fora da versão final (pode entrar nos extras do DVD).

A questão musical reforça alguns temas presentes no filme, como a ideia de preservação do patrimônio. Em uma cena bem metafórica, Clara discorre sobre a diferença entre ouvir discos de vinil e mp3, que ela também usa sem preconceito. Em outro momento, ela assiste a um vídeo da Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano, que atualmente encontra-se com as atividades interrompidas por falta de investimentos do governo do estado. No palco do Teatro de Santa Isabel, sob regência do maestro José Renato Acioly, o grupo toca As duas estações nordestinas, do compositor e contrabaixista recifense Mateus Alves.

Recife, minha cidade, cantada por Reginaldo Rossi, é tocada em uma cena em que Clara está no Clube das Pás com um grupo de amigas, em uma festa ao som dos DJs Edinho Jacaré e Valdir Português, um tipo de ambiente tradicional e ainda bastante popular principalmente nas periferias do Recife, praticamente como um movimento de resistência cultural.

Todos os compositores e intérpretes (inclusive a banda Queen) foram contatados pela produção e cederam as músicas para o filme (mediante pagamento dos direitos autorais). O licenciamento foi coordenado pelo pesquisador Gustavo Montenegro, que fez o mesmo tipo de serviço para longas-metragens como Boi Neon, O som ao redor e Amor, plástico e barulho.

Segundo Montenegro, Roberto Carlos “é exigente demais” para liberar músicas para filmes e programas de TV, mesmo quando oferecem quantias altas. Recentemente, ele negou canções para a trilha da série Narcos, do Netflix. Nos últimos dez anos, a voz do rei pôde ser ouvida nos longas-metragens O ano em que meus pais saíram de férias (2006), A grande família (2007), Divã (2009) e À beira do caminho (2012).

Dez músicas da trilha de Aquarius:

1. Roberto Carlos – O quintal do vizinho (Erasmo e Roberto)
2. Gilberto Gil – Pai e mãe
3. Gilberto Gil – Toda menina baiana
4. Maria Bethânia – Jeito estúpido de te amar (Isolda e Milton Carlos)
5. Queen – Another one bites the dust (John Deacon)
6. Queen – Fat bottomed girls (Brian May)
7. Ave Sangria – Dois navegantes (Almir de Oliveira)
8. Reginaldo Rossi – Recife, minha cidade
9. Taigurara – Hoje
10. Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano – As duas estações nordestinas (Mateus Alves)



 



LEIA MAIS: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/viver/2016/05/24/internas_viver,646255/roberto-carlos-liberou-uma-musica-para-o-filme-pernambucano-aquarius.shtml

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *